Conheça as mulheres mais bem sucedidas do Brasil

Conheça as mulheres mais bem sucedidas do Brasil

Elas inspiram o país em diferentes atividades e simbolizam a força feminina.

especial92_2.jpg

VIVIANE Senna
Ela sonha. E realiza todos os sonhos

Viviane Senna, 50 anos, é uma realizadora de sonhos. Do sonho de seu irmão, Ayrton, que em 1994 (dois meses antes de morrer) pediu-lhe que pensasse em algo para ajudar a infância brasileira, ela criou o Instituto Ayrton Senna, para ajudar as crianças carentes. É realizadora também do sonho de seu filho, Bruno, 24 anos, que decidiu assumir a paixão pelo automobilismo e está correndo na GP2, categoria de acesso à Fórmula 1 – e, na verdade, essa é a realização que mais a motiva atualmente. Ela conta que o desejo do rapaz de correr veio à tona quando ele ganhou o primeiro carro, aos 18 anos. A família ficou atônita, por razões óbvias. Fez-se o silêncio. Bruno foi para a faculdade de administração e tudo caminhava para que ele se envolvesse nos negócios da família, até que Viviane resolveu voltar ao assunto: “Precisava saber qual era o sonho dele, por mais medo que eu tivesse.” Agora, ela acompanha o filho em quase todas as corridas. No ano passado, esteve em 20 das 22 etapas do campeonato, que percorre da Ásia à Europa.

 

especial92_3.jpg

GISELE Bündchen
A rainha da moda que visita hospitais

Ela atingiu o posto mais alto do mundo da moda e, com 13 anos de carreira, ainda não esbarrou em uma substituta que tenha o seu talento. Gisele Bündchen detém um título único: übermodel, o que se traduz por estar um patamar acima do das demais modelos. Graças à sua beleza saudável de pele bronzeada e ao corpo curvilíneo, essa gaúcha de Horizontina decretou o fim da ditadura do visual andrógino dos anos 90. Somou os atributos naturais ao profissionalismo extremo e arrebatou contratos milionários ao redor do planeta. Em 2007, reinou entre as 15 modelos mais bem pagas do mundo, no ranking da revista americana Forbes, com faturamento de US$ 33 milhões – quase quatro vezes mais que a segunda colocada, a britânica Kate Moss. Gisele encontra tempo para atuação voluntária: visita anualmente o hospital e centro de pesquisa contra o câncer St. Jude Children’s Hospital, nos EUA, e em 2007 visitou também instituições para meninas carentes no Brasil.

 

/wp-content/uploads/sites/14/istoeimagens/imagens/mi_2905428906556836.jpg

IVETE Sangalo
Boa mistura de música e negócios

Muito mais do que um ídolo, a cantora Ivete Sangalo transformou-se em uma marca. Uma poderosa e milionária marca capaz de vender cerveja, sandálias e eletroeletrônicos de última geração para públicos de diferentes faixas etárias e classes sociais. A cantora baiana é um fenômeno no mercado publicitário e repete o bem-sucedido feito na administração de seus próprios negócios. Estima-se que seu grupo Caco de Telha, que reúne oito empresas na área de entretenimento, tenha faturado cerca de R$ 40 milhões no ano passado e seu DVD Multishow ao Vivo no Maracanã foi o mais vendido no Brasil: 700 mil unidades. Em dez anos de carreira, calcula-se que ela tenha vendido dez milhões de CDs e DVDs. “Eu respiro música 24 horas por dia”, diz Ivete. Entre os seus hobbies está o de colecionar vacas em miniatura, que compra em viagens pelo mundo. Talvez essa paixão explique o seu mais recente negócio: criação e leilão de gado.

 

 

/wp-content/uploads/sites/14/istoeimagens/imagens/mi_2905457808380424.jpg

SILVIA Lagnado
A grande comandante de US$ 5 bilhões

A influência da executiva Silvia Lagnado, 43 anos, é medida nas prateleiras de supermercados. Não apenas nas brasileiras, mas em todo o mundo. Morando em Londres desde 2005, a vice-presidente sênior da Unilever é a responsável mundial pela área de produtos para culinária e alimentos resfriados da empresa, uma gigante global no setor de bens de consumo. Tem sob sua tutela um negócio que fatura US$ 5 bilhões por ano e com operações em mais de 80 países. Foi eleita, em 2006, pelo The Wall Street Journal, uma das 50 mulheres que terão mais impacto no mundo dos negócios. Mas Silvia não liga para rótulos: “Minha vida é normal e atribulada como é a vida de todo mundo que trabalha.” Quando ela está fora de Londres, é o marido, Richard, quem toma conta da casa e dos dois filhos quase adolescentes, Flávia e Nicholas. “Ele cozinha bem melhor do que eu, faz as compras de supermercado (pela internet) e paga as contas”, diz Silvia.

 

 

/wp-content/uploads/sites/14/istoeimagens/imagens/mi_2905487028082437.jpg

ANA MARIA Braga
Coragem na dor e coragem de amar

Ela assumiu a sua paixão pela cozinha e demonstra familiaridade com as caçarolas. Escolheu ser transparente e dividiu a sua angústia com o público quando padeceu de um câncer – hoje tratado. Mergulhou de cabeça no amor por um homem 20 anos mais novo, o empresário Marcelo Frisoni, com quem está casada há dez meses. São escolhas como essas que temperam a vida da apresentadora Ana Maria Braga, 58 anos, tornando-a uma mulher admirável, influente e até inspiradora: “Minha vida é pautada pela combinação entre razão e emoção.” Mãe de Mariana, 25 anos, e de Pedro, 24, ela não tem medo de ser feliz. Há oito anos à frente do programa Mais Você, da Rede Globo, a apresentadora encontra energia para se dedicar ainda a mais uma paixão. Proprietária de uma fazenda no interior de São Paulo, ela mantém negócios agropecuários e atua no aprimoramento da raça bovina brahman. Ana Maria começou 2008 com uma viagem ao Japão. Voltou e iniciou uma nova fase no Mais Você, que agora será gravado nos estúdios do Projac, no Rio de Janeiro.

Atenciosamente,
Equipe Oficina Dinheiro

Share

Programador, Webmaster, Empresário e Consultor Web. Criador de vários projetos de sucesso na internet entre cursos, produtos, blogs e também alguns e-books com um alto grau de satisfação dos seus leitores.

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *